Não me leve tão a sério. Just enjoy.

terça-feira, 23 de março de 2010

Intensidade.

(imagem: cena de 500 days of Summer)

por que o intenso e o inesquecível não andam de mãos dadas com o "felizes para sempre".

9 comentários:

  1. Em certos momentos acho que andam sim!
    Acho que eles pegam um na mão do outro sabe. Ja vive muitas coisas intensas e inesquicíveis ao lado do meu ursinho (vulgo rodrigo) hih. e acho sim, que o amor pode ser intenso e inesquicível, porque o felizes para sempre quem sabe nem exista, porque não vivemos 100% do tempo felizes.
    Espero ter interpretado certo tua frase.

    Beijos querida! Linda a imagem!

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente esse filme foi uma das maiores surpresas que eu assisti, mesmo confiando no teu bom gosto eu tinha minhas duvidas com ele por que enfim uma comédia romantica só se aplica em duas situações visita na casa da irmã, e ir ao cinema com alguma mulher, fora isso eu nunca assisto comédias romanticas, mas cedi a tua indicação e realmente essa é uma das que vale a pena assistir fora a quantodade de referencias a cultura pop dos anos 80/90 inclusive a do doce que tu perdeu.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente temos que escolher, juntos não dá! Beijo

    ResponderExcluir
  4. Olha, talvez esse casamento não seja perfeito (intesidade e inesqucivel), mas nos momentos que realmente valem a pena eles ficam lado lado e são base pra MUITAS coisas. Pq as melhores lembrenças são quando eles se fundem por completo!
    beijos ADORO VIR AQUI

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti esse filme no cinema. Adorei. Achei que ia ser mais uma comédinha água com açúcar, porque hoje em dia só se encontra isso no cinema, mas é muito bom!

    ResponderExcluir
  6. Realmente surpreendente o filme e concordo com o Homero quanto as referências a cultura pop dos anos 80/90.
    Mais para mim eu ainda prefiro o felizes para sempre, já que de separações, amores perdidos e sofrimentos do coração, da mente e da alma aos telejornais estão cheios, por isso quando assisto filmes como meio de diversão prefiro os com final felizes para ao menos me restar um pouco de sonho.rs

    ResponderExcluir
  7. Creio que não vi o "500 days", mas o título do blog é uma homenagem a um antigo filme do David Lean, ou eu tô enganado?
    Bjooo!!

    ResponderExcluir
  8. ainda nem vi esse filme, mas ja baixei

    ResponderExcluir
  9. Lindoooooooooo...500 dias com ela...Assisti com meu namorado, mas confesso q cheguei a pensar q era só mais um filme romântico...Me enganei... e no final é confirmado o q se diz no inicio: "esse ñ é um filme de amor"
    Perfeitooooo! *-*
    Bjos!
    =**
    Obs: obrigada pelo comentário no meu blog!

    ResponderExcluir

 

   Desencanto. Layout by Larissa.

  TOPO